quarta-feira, 26 de junho de 2013

Rosa bravia


Rosa sem perfume, sem espinhos, sem nada...
em roseira brava nascida, longe das flores criada...
colhida e abandonada, ao luar foi atirada
às intempéries da vida...

Felipa Monteverde

3 comentários:

Orvalho do Céu disse...

Olá querida Felipa
Es rosa só não se desfolha porque o Criador tem por ela veneração...
Seja abençoada e feliz!!!
Bjm de paz e bem

Ailime disse...

Olá Felipa, essas rosas são as que têm a essência mais pura! Beijinhos Ailime

Amara Mourige disse...

Olá Felipa,uma belíssima flor!
Beijos
Amara