segunda-feira, 4 de outubro de 2010

Tenho pressa, vou-me embora

Tenho pressa, vou-me embora
Vou fazer o meu almoço
Vou sair daqui agora
Demorar-me mais não posso
Que a manhã já se demora
E já sinto o alvoroço
Da barriga a dar a hora
De lhe dar algum "pão nosso"...

(Felipa Monteverde)

1 comentário:

Regina F.Murbach disse...

Felipa, tudo bem! Eu gostei do sues poemas. Sou fã de poesias e gosto de rabiscar um poema de vez enquando.Agradecida por ler minha oração. bjs. Regina